Conheça propostas dos presidenciáveis para saúde, educação, segurança e LGBT

Brasil tem 11 candidatos disputando a vaga máxima do Executivo Federal
Eleições | Em 04/10/14 às 16h45, atualizado em 04/10/14 às 16h45 | Por Redação
Orlando Brito/Ichiro Guerra/Alexandre Severo
Principais candidatos à Presidência
O Brasil tem 11 candidatos concorrendo a uma vaga na Presidência da República e as eleições acontecem neste domingo (5). Conheça abaixo o perfil e links que vão levar você e todas as propostas para as áreas de educação, saúde, segurança pública, economia e grupos LGBT apresentadas por cada um.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Aécio Neves da Cunha, número 45. Natural de Belo Horizonte (MG), é candidato pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), com coligação que traz PSDB / PMN / SD / DEM / PEN / PTN / PTB / PTC / PT do B.

Dilma Vana Roussef, número 13. Natural de Belo Horizonte (MG), é candidata pelo Partido os Trabalhadores (PT), com coligação que traz PT / PMDB / PSD / PP / PR / PROS / PDT / PC do B / PRB.

Eduardo Jorge, número 43. Natural de Salvador (BA), é candidato pelo Partido Verde, não possui composição de coligação.
Everaldo Dias Pereira, número 20. Natural do Rio de Janeiro (RJ), é candidato pelo Partido Socialista Cristão (PSC), não possui composição de coligação.
José Levy Fidelix da Cruz, número 28. Natural de Mutum (MG), candidato pelo partido Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), não possui composição de coligação.
José Maria de Almeida, número 16. Natural de Santa Albertina (SP), é candidato do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), não possui composição de coligação.
José Maria Eymael, número 27. Natural de Porto Alegre (RS), é candidato do Partido Social Democrata Cristão (PSDC), não possui composição de coligação.
Luciana Genro, número 50. Natural de Santa Maria (RS), é candidata pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), não possui composição de coligação.
Maria Osmarina Marina da Silva Vaz de Lima, número 40. Natural de Rio Branco (AC), é candidata pelo PSB, com coligação que traz PHS / PRP / PPS / PPL / PSB / PSL.
Mauro Luís Iasi, número 21. Natural de São Paulo (SP), é candidato pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB), não possui composição de coligação.

Rui Costa Pimenta, número 29. Natural do Butantan (SP), é candidato pelo Partido da Causa Operária (PCO), não possui composição de coligação.

Propostas
Para a economia, Aécio Neves promete manter a inflação no centro da meta e cumprir os compromissos de superávit primário e câmbio flutuante; Dilma Rousseff defende o fortalecimento da política macroeconômica no combate à inflação para proporcionar um crescimento econômico e social robusto e sustentável; Marina Silva defende a criação de um Conselho de Responsabilidade Fiscal (CRF) independente do governo, para que seja possível verificar a cada momento o cumprimento das metas fiscais e avaliar a qualidade dos gastos públicos. Confira as propostas dos 11 candidatos para economia.

Para a saúde, Aécio Neves promete um cadastro nacional único e investimento público para viabilizar o Cartão-Cidadão Saúde que irá garantir a gestão dos serviços de saúde com centrais de agendamentos; Dilma Rousseff promete mudar o patamar de qualidade e ampliar o atendimento dos serviços em saúde com a expansão do Programa Mais Médicos; Marina Silva promete implementar em quatro anos, a proposta do projeto de lei de iniciativa popular de vincular 10% da receita corrente bruta da União ao financiamento das ações de saúde. Confira as propostas dos 11 candidatos para a saúde.

Para o público LGBT, Aécio Neves afirma que vai implementar políticas contra qualquer tipo de intolerância e estimular pesquisas acadêmicas sobre a questão étnico-racial e de diversidade sexual. Para o candidato, é preciso estimular os movimentos, como o LGBT; Dilma Rousseff não possui medidas específicas voltadas para a população LGBT; Marina Silva promete que vai garantir os direitos da união civil entre pessoas do mesmo sexo e o direito de adoção, e vai apoiar o Projeto de Lei da Identidade de Gênero Brasileira, conhecida como a Lei João W. Nery, que regulamenta o direito ao reconhecimento da identidade de gênero das “pessoas trans”. Confira as propostas dos 11 candidatos para o público LGBT.

Para a educação, Aécio quer implantar a escola de tempo integral e eliminar progressivamente o ensino noturno para jovens que não trabalham; Dilma Rousseff promete a ampliação de creches e a qualificação da rede de educação integral para que atinja até 20% da rede pública até 2018; Marina Silva promete condições para o combate ao analfabetismo nos próximos anos e avançar na superação do analfabetismo funcional, estabelecendo a meta de reduzi-lo drasticamente em quatro anos. Confira as propostas dos 11 candidatos para a educação.

Para a segurança publica, Aécio promete uma reforma da segurança pública em parceria com estados e municípios e a revisão da legislação penal; Dilma promete criar a Academia Nacional de Segurança Pública, para formação das polícias, formulação e difusão de procedimentos operacionais padronizados e formação de analistas; Marina disse que vai lançar uma política nacional de redução de homicídios, uma política criminal e prisional de âmbito nacional e ações de promoção de uma cultura de paz e valorização da vida. Confira as propostas dos 11 candidatos para a segurança pública.

About Alexandre Almeida

0 comentar:

Postar um comentário

obrigado e comente sempre

Tecnologia do Blogger.